Experiência Profissional – como estagiar na sua área de formação na Bay Area

Para aqueles que tem como objetivo aprimorar o currículo com uma experiência internacional, aí vão algumas dicas:

Como estagiar na sua área de formação na Bay Area

1. Intrax

A escola Intrax oferece o programa: Global Internship. Primeiramente eles auxiliam o estudante a fazer um excelente currículo, se preparar para entrevistas, criar um portfólio, fazer apresentações, entre outras atividades importantes para atuar no mercado de trabalho. O aluno também tem as aulas relacionadas a área que deseja atuar, por exemplo, um estudante com interesse em Business terá aulas de Project management, analytics, marketing, comunicação, e o mais interessante é que depois de estar capacitado tanto com habilidades técnicas quanto com o vocabulário específico, o estudante pode fazer um estágio em uma empresa relacionada com sua área de formação.

Continuar lendo

Anúncios

Tudo o que você precisa saber para trabalhar nos Estados Unidos

O questionamento mais comuns de diversas pessoas que vem passar uma temporada na Bay Area, é sobre as oportunidades de trabalho na região.

O que muitos não sabem é que conseguir um trabalho por aqui não é uma tarefa tão simples assim, e independente do tipo de trabalho, seja apenas um bico em um restaurante ou um emprego formal em uma grande empresa é necessário obter uma autorização para trabalhar nos Estados Unidos.

O comentário mais popular é: estou indo com o meu visto de turista e quero ficar uns 3 meses estudando e trabalhando, como posso arrumar um emprego por aí? Posso trabalhar com o visto de turista? A resposta é NÃO! Mesmo simples trabalhos informais como ser babá ou entregador de pizza exigem que a pessoa tenha o social security (que é um espécie de CPF Americano) e a autorização de trabalho vinculada ao visto para que possa receber o salário legalmente nos Estados Unidos. Continuar lendo

Quer estudar nos Estados Unidos? Entenda qual é o melhor visto!

Está indo estudar mas não sabe qual é o visto mais adequado? Entenda as diferenças entre os vistos F1 e B1/B2 e as vantagens e desvantagens de cada um deles.

Visto de turismo vs Visto de estudante

visto 2

Visto americano.

Visto de Turismo

Com o visto de turista ou negócios B1/B2, é possível estudar de forma recreacional desde que a carga horária do curso não ultrapasse 18 horas semanais. Este visto é ideal para quem vai aos Estados Unidos fazer turismo e quer aproveitar a viagem para fazer um curso. Se este é o seu objetivo: vá como turista.

Vantagens do visto de turismo

  • O visto é menos burocrático e mais barato que o de estudante;
  • A duração do visto é 10 anos;
  • Se por acaso você decidir esticar uma viagem de fim de semana e faltar 3 dias na escola, não será notificado;
  • Você pode se matricular assim que chegar nos EUA; (pode ir pessoalmente nas escolas e pedir para fazer uma aula antes de efetuar a matrícula).

Desvantagens do visto de turismo Continuar lendo

Qual visto eu preciso?

Todo cidadão brasileiro que deseja visitar os Estados Unidos irá precisar de um visto de não imigrante para uma estada temporária no país. 

 Vistos americanos

Visto americano. Fonte: support.citizenpath.com

Visto americano.
Fonte: support.citizenpath.com

Os vistos americanos mais populares são:

•    B1 – negócios;

 •    B2 – turismo;

 •    C – de trânsito;

 •    D – tripulantes;

 •    F – estudante acadêmico;

 •    J – intercâmbio;

 •    I – representantes de meios de comunicação;

 •    M – estudante vocacional;

 •    H – para trainees e trabalhos temporários;

 •    L – para transferências de uma mesma empresa;

 •    O – para  cidadãos estrangeiros com habilidades extraodinárias;

 •    P – para atletas, artistas e outros profissionais do entretenimento;

 •    Q – para programas internacionais de intercâmbio cultural;

 •    R – para profissionais religiosos;

 •    K –  visto de noivo/noiva de cidadãos norte-americanos;

 •    E – Investidor.

Os vistos americanos mais comuns concedidos aos brasileiros 

 B1 – Visto de Negócios

Visto de negócios, concedido quando a proposta da viagem é participar de palestras, eventos ou reuniões;

B2 – Visto de Turismo

O mais popular de todos os vistos. Concedido quando a proposta da viagem é passear nos Estados Unidos, ou seja, fazer turismo. Com este visto é possível estudar no país legalmente, desde que o curso não ultrapasse 18 horas semanais.
O visto de Negócios e Turismo quando concedido tem validade de 10 anos, e a pessoa tem permissão para visitar os Estados Unidos quantas vezes quiser, podendo ficar até 6 meses em cada visita ao país. Agora não é preciso solicitar os dois vistos, uma vez que a pessoa aplicar para o visto de turista, será concedido o visto B1/B2 ao mesmo tempo. O que vai mudar é a proposta da viagem que deverá ser mencionada ao oficial da imigração na chegada ao país. 

 J-1 – Visto de intercâmbio de trabalho temporário

Este é o visto concedido para programa de intercâmbio ou trabalho temporário, como os programas work experience e au pair, programas de estágio.

 H1-B – Visto de trabalho

É requerido por funcionários que pretendem trabalhar nos Estados Unidos numa função profissional pré-contratada ou seja, precisam ter uma oferta de trabalho de uma empresa americana antes de solicitar o visto. O visto é vinculado a empresa que será a sponsor do visto e caso o funcionário opte por mudar de empresa deverá vincular toda a documentação ao novo empregador para ficar legalmente no país. O H1-B um dos vistos mais desejados pelos brasileiros pois após um determinado período é possível aplicar para o Green Card. Esposo(a) e filhos (as) do H1B possuem o visto H4 e não podem exercer atividades remuneradas no país.

 F1 – Visto de estudante

Visto concedido para estudantes que pretendam frequentar uma universidade, escolas de idiomas ou outra instituição acadêmica nos Estados Unidos. Este visto tem validade de acordo com o I-20, ou seja, se o estudante comprar um curso de 10 meses, a escola irá fornecer um I-20 com este prazo e consequentemente o visto terá 10 meses de validade. O visto F1, permite ao estudante  entrar nos Estados Unidos até 30 dias antes da data de registro designada nos certificados I-20, podendo permanecer nos Estados Unidos por até 60 dias após a conclusão do curso. 

Visto L1 – Visto de transferência

Se sua empresa tem um escritório tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, o funcionário poderá vir com o visto de transferência para trabalhar durante um determinado período nos Estados Unidos. Os acompanhantes do L1, têm o visto L2 e podem trabalhar legalmente nos Estados Unidos. No entanto, o colaborador é vinculado ao seu sponsor e caso decida mudar de empregador, precisará fazer o processo do H1-B.

Visto E – Visto de Investidores

A modalidade de vistos E E2/ EB-5 é destinada para quem pretende investir nos Estados Unidos. Investidores, empresas e startups precisão de um visto E para permanecer legalmente no país.

Entenda qual a diferença, vantagens e desvantagens entre o visto de turismo vs visto de estudante.

Continuar lendo