Missão no Vale do Silício

O que faz do Vale do Silício um lugar tão especial? O que tem por traz das empresas mais inovadoras do mundo? Por que a região atrai tantos talentos?  Será as universidades, os engenheiros, as ideias? 

Para tentar encontrar estas respostas, na última semana A Magia do Mundo dos Negócios em parceria com a BWi ParticipaçõesAcontece no Vale realizaram a sexta missão ao Vale do Silício.  Foram  4 dias super intensos, com muita troca de experiências e aprendizado. Um mix de empolgação, inspiração, balde de água fria, acorda para vida. Uma experiência sensacional!

IMG_5429

Missão no Vale do Silício – Visita a Plug and Play Tech Center

A missão contou com diretores, empresários, consultores, profissionais de diferentes backgrounds ou que atuam em áreas distintas de uma mesma empresa. Alguns tinham o interesse em expandir suas operações nos Estados Unidos, outros encontrar oportunidades de negócio para fazer investimentos e potencializar as vendas, uns queriam criar novos produtos e buscavam ideias inovadoras, outros queriam entender o que tem sido feito de melhor no Vale para aplicar conceitos e melhorar seus negócios no Brasil.  Continuar lendo

Anúncios

Tudo começou em uma simples garagem

Quem é fã de tecnologia e já visitou ou tem o interesse em visitar algumas das gigantes do Vale do Silício, já deve ter ouvido falar que tudo começou em uma garagem. Elas ficaram tão populares no Vale que são consideradas por muitos um atrativo turístico. Todos querem entender como que estas empresas com presença mundial, que faturam bilhões surgiram de um simples espaço na casa de alguém e mudaram o mundo. A garagem tornou-se um símbolo de que tudo é possível.

A cultura da Garagens

As garagens mais famosas do Vale do Silício

HP

Screen Shot 2016-02-17 at 11.27.02 PM

No canto esquerdo a garagem da HP

É na 367 da Addison Avenue, em Palo Alto que em 1938 William Hewlett e David Packard se reuniam para fazer experiências com dispositivos eletrônicos. Ali nasceu a HP. Continuar lendo

Todo mundo que vem ao Vale do Silício precisa conhecer o significado destas palavras

O cara fica todo orgulhoso que está indo fazer uma missão empresarial no Vale do Silício, quer saber mais sobre inovação e empreendedorismo. Aí nos primeiros 10 minutos de workshop ele levanta a mão e pergunta: O que é VC? PQP!

Screen Shot 2015-08-13 at 10.25.46 AM

Fonte da foto: cinemundoblog

As pessoas não tem obrigação de conhecer todos os termos utilizados neste ambiente, mas vamos combinar que não saber o significado de algumas palavras chega a ser vergonhoso. Então meu amigo, se você não quiser pagar mico quando vier ao Vale é legal ficar por dentro.

Começando do zero, acho que é importante explicar que uma startup vai além da padaria que a Joana abriu no mês passado.  Muitos pensam que startup é apenas uma empresa que começou agora. Entenda: Continuar lendo

O Vale ferve entre cafés e bagels

O Vale do Silício é um grande subúrbio, cidades pequenas com downtowns movimentados, alguns desses centros comerciais contam com ótimos lugares para passar o dia entre bagels e cafés, sempre acompanhado de uma boa e gratuita rede wi-fi.

A primeira vista parece ser aquele lugar “chato” que você nunca quis morar. É bem verdade que você não encontrará grandes centros de compra, a menos de [incríveis] Apple Stores. Mas se você for empreendedor ou aspirante a empreendedor, o Vale abriga lugares realmente incríveis além de empresas como Google e facebook!

Este clima vai além de dias agradáveis de trabalho, neste cenário pacífico que o Vale do Silício ferve de idéias e negócios inovadores.

Estou com minha startup sendo acelerado no programa internacional daPlug and Play Tech Center, uma das aceleradoras mais tradicionais do Vale que abriga mais de 300 empresas (fora as startups) no seu prédio em Sunnyvale. Para ter uma idéia do portfólio criado nos últimos anos, uma das startups investida pelos fundadores da PnP foi o PayPal, uma das maiores empresas de fintech (tecnologia para o setor financeiro) do mundo.

Já que falei do PayPal, vou usá-lo como exemplo.

PayPal

A PayPal sign is seen at an office building in San Jose, California. Photo: Reuters

O PayPal tem uma das histórias mais incríveis de negócios que nasceram no Vale na geração pós internet. Há quem diga que o PayPal redefiniu o sucesso no Vale do Silício.

Como tudo começou?

Com a idéia de possibilitar pagamento através de dispositivos mobile Max Levchin, Peter Thiel, e Luke Nosek juntaram-se a Elon Musk para dar vida a este ousado negócio no final dos anos 90. O objetivo do time ia além de criar uma solução incrível, queriam construir uma empresa incrível.

“Quando começamos o PayPal, lembro de uma das primeiras conversas que tive com Max, falava querer construir uma empresa onde todos seriam grandes amigos, não importava o que aconteceria com a empresa, as amizades iriam sobreviver” disse o ex-CEO Peter Thiel.

Muito bom, mas o que a história do PayPal tem haver com os cafés do Vale? Tudo! Fala-se por aqui que as primeiras reuniões dos fundadores aconteceram no Red Rock Coffee em Mountain View, um dos lugares mais legais que encontrei por aqui.

Vivemos num momento onde as necessidades sociais é tão importante quanto a necessidade de sobrevivência. São locais como o Red Rock que os empreendedores do Vale trocam cartões e compartilham conhecimento sem restrições ou medos.

Esta atitude é fundamental para que muitos e inovadores negócios surjam o tempo todo.

Por que o Vale é bom para empreendedores?

Em um dos ensaios que mais gosto do Paul Graham, ele lista 18 erros comuns cometidos por empreendedores que falharam. Um dos pontos é “começar um novo negócio no lugar errado“, é sempre bom estar próximo do seu público-alvo, contudo iniciar um negócio num ecossistema maduro, com diversidade de pessoas vai fazer toda a diferença.

Para você, qual perfil melhor define um empreendedor numa startup? Provavelmente seja um jovem desenvolvedor que vira a noite tomando redbull e trabalhando na “tela preta”.

No vale tem empreendedor assim, claro, mas a variedade de perfis, idades e experiências permite encontrar pessoas incríveis para trocar boas idéias, como é o caso do meu novo amigo, Bernhard Kerres.

Bernhard picture in HanaHaus, Palo Alto, California

Bernhard picture in HanaHaus, Palo Alto, California

Permissão para escrever em inglês: My new friend, Bernhard Kerrs an Austrian Opera Singer in Silicon Valley, is the founder of Hello Stage, is an independent online platform for the classical music community for connect musicians, ensembles, managers, and promoters in the classical music world.

Read your text about the network effect in Silicon Valley.

Se permita errar

Outro fator que torna o Vale um lugar diferente é que aqui nem empreendedores nem investidores têm medo de errar, o erro é parte do processo. Se você é empreendedor e já quebrou duas ou três empresas significa que você aprendeu mais do que quem não quebrou ainda, com isso o investidor sente-se mais seguro para investir.

Voltando aos cafés…

Além dos conhecidos Starbucks e Philz, outros cafés do Vale se tornaram aconchegantes espaços de coworking, bons para encontrar outros empreendedores e possíveis mentores, como Brad Feld que frequentam oCoupa Café em Palo Alto.

Um dos lugares que adotei para trabalhar em Palo Alto foi oHanaHaus, diferente dos cafés mais populares que se transformaram em espaços de coworking.

O HanaHaus foi um tradicional cinema dos anos 20 que se transformou num espaço colaborativo, com um café, claro!

Bonito e agradável desde a entrada, este espaço lhe permite compartilhar mesas com alunos de Stanford, funcionários de grandes empresas, empreendedores e até investidores de Venture Capitals americanas.

Além do maior espaço de que conheci [até agora], o HanaHaus tem um clima tão agradável pra trabalhar durante o dia que a hora para sentar numa cadeira do coworking é disputada pelos frequentadores.

O HanaHaus é, sem dúvida um dos espaços mais incríveis para trabalhar no vale, o coworking em si já é muito bom, mas eles colocaram um dos melhores cafés vendidos nos EUA, o Blue Bottle Coffee, de Oakland.

O caso BlueBottle

Não posso terminar o texto sem contar o caso do Blue Bottle Coffee. No Vale eu descobri que os investidores de startups colocam dinheiro em tudo, tudo mesmo, inclusive no Blue Bottle Coffee!

Dica: Quando for em algum Blue Bottle Coffee experimente New Orleans ($4).

Com duas rodadas de investimento, a marca de café já levantou quase $50 milhões de dólares, o dado curioso, na primeira rodada um dos investidores foi o Google Ventures, como mostra seu perfil no CrunchBase.


Luiz Fernando Gomes: www.luiz.tips (luizgomes@luiz.tips)

O que você acha? Gostaria de ouvir sua opinião. E se você gostou deixe seu comentário abaixo. ☺

Uma universidade que forma Super-Heróis: Draper University

Conheci o Renato pela internet há um tempo atrás onde ele pedia votos para um projeto no qual o  vencedor receberia uma bolsa para a Singularity University.  Achei a ideia sensacional e trocamos um e-mail onde eu lhe desejava sucesso e ele mencionava seu desejo de estar no Vale do Silício. Depois de um tempo, eis que vejo este garoto super dedicado contanto sobre sua experiência na Draper University. A história é super inspiradora e com certeza apenas o inicio de uma longa jornada de conquistas. Confira:

Depoimento de Renato Xavier sobre a universidade que forma Super-Heróis: DraperU.

Olá, meu nome é Renato Xavier e hoje escrevo para o blog Acontece no Vale sobre a Draper University.

Renato 1

Foto Renato Xavier, DraperU.

Continuar lendo