Quer estudar inglês e estar em contato com a cultura do Vale?

Muitos brasileiros querem conciliar o estudo do idioma com a cultura do Vale do Silício. Existe destino melhor para os amantes da tecnologia, inovação e empreendedorismo que uma das regiões mais ricas e instruídas dos Estados Unidos?

Screen Shot 2015-02-08 at 7.24.06 PM

Vale do Silício

ELS Language Center

Para atender especificamente esta demanda uma das escolas abriu uma unidade em Cupertino, onde está localizada a Apple. Cupertino, fica há uma hora de San Francisco e é uma das cidades do Vale onde estão concentradas as maiores empresas de tecnologia.

Os cursos são ministrados pela escola ELS Language Centers que conta com os seguintes programas:

Programas oferecidos pela ELS

Inglês com objetivos acadêmicos

O curso prepara estudantes com o objetivo de ingressar na universidade.  Continuar lendo

Tem dúvidas sobre o curso gratuito de inglês no City College de San Francisco?

Outro dia falamos aqui sobre como estudar no CCSF – City College of San Francisco que oferece curso de inglês gratuito e desperta a atenção de muitas pessoas interessadas em fazer um intercâmbio.Você também tem interesse de estudar english for free neste college? Então se liga nas principais dúvidas, uma delas também pode ser a sua.
Note que estamos falando do curso non credit course. As regras são completamente distintas no caso do credit course, no qual o aluno paga pelos créditos.

Dúvidas sobre estudar inglês no City College de San Francisco

1. Posso estudar no City College com o visto de turista? 

doubt2

Dúvidas sobre o CCSF.

Não e sim. Como assim? O curso do City College que é gratuito (non credit) é destinado para residentes da Califórnia. Então, teoricamente se a pessoa mora aqui, ela pode estudar no CCSF. Se você chegar lá perguntando se pode estudar com o visto de turista a resposta será: não! Pois turista não é residente! No entanto, se você fizer sua inscrição online e chegar no college com o seu código de estudante, dizendo que quer fazer o curso x, ninguém vai ficar te pedindo documentos ou questionando qual é o seu visto. Até porque, se uma pessoa estiver ilegal no país e eles perguntarem qual é o visto que ela tem, isto pode ser uma forma de discriminação, então ninguém vai te questionar, sobre o seu visto. Inclusive como o college é custeado pelo governo, eles precisam ter um certo número de alunos para manter algumas aulas, então os professores vivem divulgando os cursos e incentivando os estudantes a trazer amigos para estudar lá.

Considerando o número de e-mails que eu recebi com interessados neste curso, eu até fui ao College questionar os coordenadores se é possível fazer o curso de inglês com o visto de turista ou de estudante, expliquei que faço recomendações pelo blog e não quero fazer ninguém a “perder a viagem”. Já pensou se a pessoa chega aqui somente com este objetivo e não consegue se matricular? Mas a resposta que obtive foi: as pessoas precisam ser residentes da Califórnia para estudar aqui, mas pode “mandar” todo mundo para cá. Concluindo:  eles de certa forma “fecham os olhos para o status dos vistos”, afinal, se eles tiverem alunos, terão emprego.

2. Você recomenda o City College para estudar inglês?

Recomendo sim, mas para complementar suas aulas. Note que as aulas de inglês do non credit course, tem menos de uma hora de duração por dia, uma hora diária para quem vem com o objetivo de aprender o idioma é muito pouco. Além disso, as turmas geralmente são grandes e os professores não conseguem te dar a mesma atenção como em escolas menores. Quem pretende vir para San Francisco para estudar deve utilizar o CCSF como um curso extra. Não dá para ficar fluente em 3-6 meses estudando uma hora por dia, tem que se esforçar! Outra questão é que fazendo somente os cursos gratuitos, não é possível tirar o visto de estudante, já que eles não oferecem a quantidade de horas exigidas pelo governo para emitir o I20.

3. Mas se eu estudar sozinho em casa depois das aulas do CCSF?

Ah, tah…pra cima de moi? Só falta você dizer que vai estudar com o seu colega brasileiro. Se o custo é seu problema, uma alternativa é fazer um curso em uma escola particular mais simples, que tenha um custo mais acessível, e aí sim, deve fazer todos os cursos complementares gratuitos que puder.

Dicas:

  • Faça sua inscrição pelo site, conforme mencionado no passo-a-passo do post anterior.
  • Tenha o código de estudante que será gerado ao finalizar sua inscrição para realizar o teste de nivelamento.
  • Não vá fazer o teste no City College do centro – Downtown campus. Como a localização é a mais conveniente, eles estão sempre lotados. Geralmente a data para fazer a próxima prova de nivelamento é no mês que vem, enquanto em outros campus é possível fazer no dia seguinte. O mesmo vale para os cursos, as turmas do centro estão sempre cheias. Se preferir menos alunos e mais atenção, procure outros campus.
  • Além do curso de inglês, tem diversos outros bem bacanas “for free”, enjoy!

Você já fez este curso? Compartilhe com a gente sua opinião.

Curso de inglês em San Francisco – UC Berkeley Extension

A Universidade da Califórnia também oferece curso de inglês, conhecido como: Intensive Academic English Program (IAEP), na UC Berkeley Extension, escola de Arte e Design localizada em San Francisco na 95 Third St. O curso é voltado para falantes de outras línguas, mas que já tem uma boa base do idioma e que precisam aprender inglês de forma rápida para atuar no mercado de trabalho ou cursar uma universidade.

photo

O intuito é contribuir para que o aluno desenvolva habilidades na fala, audição, leitura, escrita acadêmica, pronúncia e gramática de forma avançada. Para se matricular neste curso, exige-se que o aluno tenha no mínimo o nível intermediário de inglês, que deve ser comprovado por meio de um teste e entrevista ou pela pontuação em testes de proficiência, como o Toefl, por exemplo. 6 diferentes níveis são oferecidos, cada nível dura aproximadamente quatro semanas, mas o aluno pode permanecer no mesmo nível até que se sinta confortável para passar para a fase seguinte.

Continuar lendo