Uma mistura de contrastes forma um dos locais mais maravilhosos da Califórnia: Lassen Volcanic Park

Valas de lama borbulhantes, vulcões, lagos, minas de enxofre, atividades geotérmicas, esta mistura de contrastes forma um dos locais mais maravilhosos da Califórnia: o Lassen National Volcanic Park.

Lassen é o único lugar na Terra onde todos os quatro tipos de vulcões podem ser vistos no mesmo local. É um paraíso para os amantes da vida ao ar livre, com milhas e mais milhas de exuberantes florestas, lagos com tonalidade turquesa e esmeralda e muitas vistas deslumbrantes. A paisagem muda completamente de acordo com a estação, uma visita no verão e outra no inverno vão te dar a impressão de estar em lugares completamente diferentes. Todas vão te surpreender!

img_4054

Lassen National Volcanic Park

Lassen Volcanic Park

Onde fica o Lassen Volcanic Park?

O Lassen National Volcanic Park fica há 237 milhas de San Francisco, aproximadamente 4 horas de viagem, pode ser acessado por meio da Hwy 36 e 44. Um dos motivos deste parque ser pouco explorado é devido a quantidade de neve que faz com que o acesso ao parque e seus atrativos fiquem fechados durante boa parte do ano. Devido a alta elevação, as tempestades de neve são frequentes no inverno e a estrada principal permanece fechada durante toda esta estação e parcialmente fechada entre o outono e primavera.

O que fazer no Lassen?

O Lassen agrada gregos e troianos. Tem opções para quem gosta de se aventurar entre trilhas e montanhas, tem passeios para quem prefere dirigir e só parar para fotografar, para quem deseja apenas fazer uma caminhada leve e conhecer uma atração diferenciada, com direito a fontes ferventes e valas de lama. E tem ainda lugares para quem curte uma vida boa, com piscina de fontes quentes e serviços de massagem. Mas, independente da sua preferência, é essencial verificar a previsão do tempo antes de programar sua visita, pois embora o parque fique aberto o ano todo, muitas atrações fecham devido a neve.

Centro de visitantes Kohm Yah Mah-nee

O primeiro lugar que você vai ver ao chegar no Lassen pela entrada Southwest, é o centro de visitantes Kohm Yah Mah-nee. É uma parada importante para conhecer mais sobre o parque, pegar mapas, obter dicas de passeios e saber sobre a programação do Lassen. Os rangers, que são os guardas do parque podem te dar sugestões de o que fazer e te explicar sobre a condição do tempo e estrada. Se você for com crianças, eles sempre tem atividades pra elas, além de um espaço exclusivo com jogos e brinquedos para os pequenos. Além disso, tem loja e restaurante.

Mill Creek Falls e Kings Creek Falls

Logo ao lado do visitor center, quem tiver inspirado pode começar a primeira caminhada em direção a Mill Creek Falls, a cachoeira mais alta do parque, com 23 metros de altura. O passeio de ida e volta é 6kms. A caminhada para Kings Creek Falls é 3,8 kms ida e volta.

Sulphur Works

O Sulphur Works, é a uma mina de enxofre, onde minerais de argila respingam e é possível ver uma paleta com cores amarela, laranja e vermelha pela rocha de andesito. Bem próximo ao visitor center, este lugar chama atenção pela fumaça esbranquiçada acompanhado de um cheiro de podre devido ao enxofre.

img_0712 ok

Fumaça do sulphur works vista da estrada

img_0721

Sulphur works no Lassen National Volcanic Park

img_0716

Explicação sobre o Sulphur Works

Emerald e Hellen Lake

Os lagos são parada obrigatória para qualquer visitante apesar de ele ficar completamente congelado no inverno é bem provável que você não passe despercebido porque sempre vai ter alguém próximo admirando. O Emerald é verde e por isto leva o nome inclusive 😛 e o Hellen azul turquesa. Lindo ver o contraste das cores da água, mesmo um lago sendo tão próximo ao outro.

img_0854

Hellen Lake

img_0896

Emerald Lake

Claro, que a maioria dos turistas se arriscam subindo no lago embora tenham placas dizendo que a camada de neve é fina e pode quebrar.

img_0865

Aviso de perigo que a camada de gelo é fina

img_0862

Ah estes turistas que não se comportam

img_4073

Olha o mesmo lago na primavera

img_3979

Emerald Lake na primavera

Bumpass Hell

Este é o file mignon do Lassen. O Bumpass Hell, ou Inferno Bumpass é onde está a maior concentração de recursos hidrotermais. São 6,5 hectares de piscinas ferventes, valas de lama e uma mistura de fumaça e cores novamente com um aroma de podre resultante dos gases e enxofre.  A trilha é fácil e bem definida, totalizando quase 5 kms de ida e volta. Tem acesso para cadeirantes inclusive e uma disputa pelos melhores ângulos das fotos.

img_4025

Trilha do Bumpass Hell

img_4030

Bumpass Hell no Lassen National Volcanic Park

O pioneiro Kendall Vanhook Bumpass foi um dos primeiros exploradores destes recursos hidrotermais. Na época -década de 1860 ele pisou em uma das piscinas fervendo e queimou a perna, por isto o nome leva o seu sobrenome acompanhado de inferno!

img_4052

Bumpass Hell fervecendo

img_4036.jpg

Bumpass Hell

Note que ele costuma abrir entre o início de julho e fecha em meados de outubro, então se você for nesta época, não perca! E se e quiser muito ver esta atração, se programe!

img_4065

Bumpass Hell

Lassen Peak

O Lassen Peak tem 3.187 meetros de altura, há um século ele sofreu violentas erupções com deslizamentos de terra. A erupção iniciou em 1914 erupções de vapor continuaram ocorrendo até 1921. Hoje o acesso é seguro e conta inclusive com trilhas. São 5 kms ida e volta. Tem uma subida íngreme, no entanto até crianças com muita energia são bem vindas. O problema é que no inverno é preciso usar botas de alpinismo com garras, chamadas em inglês de crampons, pois a trilha fica bem escorregadia. No segundo cume do pico tem a cratera do Lassen. A vista lá do alto parece ser deslumbrante. (Quando fomos faltou equipamento pra subir).

img_0967

Lassen Peak

Uma das principais atividades no verão é  O Dark Sky Festival – Festival do Céu Escuro. O evento geralmente é realizado no fim de julho ou início de agosto com atividades relacionadas a astronomia, como observação de estrelas, constelações, sistema solar com a presença de especialistas da NASA e da Sociedade Astronômica do Pacífico.

Voltinha pelo parque

Depois do Lassen Peak, a altitude diminui e muitas curvas, paisagens com montanhas, árvores, lagos e neve te acompanham pela Devasted Area até o Manzanita Lake.

img_0873

Força que vai – Mirante no início da Bumpass Hell

img_0786

Estradas do Lassen

Manzanita Lake

Manzanita é o lugar mais popular do Lassen, por dois motivos: a infraestrutura e o lago, o qual é o principal cartão postal do parque. O Manzanita conta com o principal lodge, que com opções de camping e glamping. Glamping, pra quem não sabe é como chamam acampamento glamurosos em que você fica na cabana e tem acesso a tudo. O espaço tem 179 vagas para acampar, tem chuveiros, banheiros e até mesmo uma lavanderia. Ali você pode inclusive alugar o equipamento de camping ou ficar em uma das cabines na cama super confortável. A loja tem mil e uma utilidades e é possível alugar caiaques, tem programas guiados por guardas florestais e uma trilha de 2,6km ao redor do lago.

O Mazanite Lake é o principal postal do Lassen National Volcanic Park, pois o Lassen reflete nas águas azuis do lago formando a paisagem perfeita para “A foto”.

img_1572

Manzanita Lake com Lassen Peak ao fundo

Loomis Museum

O museu abre apenas durante os meses de verão. Nele você encontra a história do Lassen, exposições, uma livraria e um filme sobre o parque. O museu abre de 1 de abril à 30 de outubro, das 9 às 5.

Drakesbad Guest Ranch

Na zona leste está o Drakesbad Guest Ranch. O rancho começou como um retiro saudável, pois era remoto e distante e exigia um esforço físico árduo para chegar. A propriedade está lá desde 1908, no início o camping custava 25 centavos por noite, as refeições 50 centavos. O Drakesbad foi vendido para o governo dos EUA em 1958 para inclusão no Lassen Volcanic National Park. Hoje, hoje embora mantenha o clima rústico, oferece hospedagem aconchegante, serviços de massagem, passeios com guia e todas as refeições de alto padrão do interior estão inclusas.

No rancho a piscina de fontes quentes é a atração que desperta a curiosidade dos visitantes. Durante o dia, a temperatura é resfriada a um nível confortável para nadar, mas, à noite, a água naturalmente é aquecida criando uma banheira quente e gigante, onde as pessoas podem tomar o famosos banho de Drake (Drake’s Bath).

O Drakesbad fica na região do parque de Warner Valley e o acesso é pela cidade de Chester. Dali você pode ir nas atrações vulcânicas, como a área geotérmica Devil’s Kitchen, o Boiling Springs Lake e o Terminal Geyser. (A zona leste do parque é assunto para um próximo post).

Onde ficar

Para  quem gosta de camping, o Lassen é um prato cheio, pois tem 8 deles. A maioria destes lugares conta espaço para fazer fogo, tem lugar preparado para montar a barraca e a melhor parte acesso a banheiros e pia. Quer mais mordomia? Para ficar no camping necessário fazer reserva com no mínimo 4 dias de antecedência, com exceção do Southwest. Os mais aventureiros precisam de permits.

Quem preferir dormir no colchão, tem as cabanas do Manzanita e quem quer conforto tem o ranch.

Não é legal ficar fora do parque, porque as cidades são longe, mas quem fizer questão, os hotéis mais próximos ficam nas cidades de Mineral, Chester, Susanville, Red Bluff e Redding.

Onde comer

O Lassen tem três opções para as refeições o Lassen Café, no visitor center da entrada sudeste, a Manzanita Lake Camper Store, junto ao Mazanite Lake, os dois tem opções de sanduíches, lanches, saladas, sorvetes. Para quem quer algo mais elaborado o Drakesbad Guest Ranch é a melhor opção. Considere levar lanche e petiscos de casa pois os horários são limitados.

Clima

Durante 36 dias do ano faz muito calor, mas a maior parte do ano é muito frio. Janeiro por exemplo faz entre 4.7 °C e -6.2 °C. Prepare a coberta!

Quando ir para o Lassen

A melhor época para conhecer o parque é entre final de maio e meados de outubro. Mas vai depender do que você busca, pois no inverno dá para esquiar, no verão alugar um kayak, cada estação é única.

Quem diz que consegue visitar o parque todo em um fim de semana não deve ter visto muita coisa, pois o Lassen é imenso. Se você quer aproveitar o passeio pegue um feriado prolongado ou um dia extra de folga, porque um fim de semana é muito corrido. A entrada custa $20 por carro por 7 dias. Valores maio/2016.

Nós já visitamos o Lassen na primavera e no inverno, e queremos retornar em breve pra subir o Lassen Peak e visitar a parte leste. Acampamos ambas as vezes no Southwest e nossa experiência foi diferente e especial nas duas ocasiões.

img_0902

Eu e o maridão no Lassen em mais uma viagem incrível pela Califa

Tem dúvidas se vale a pena?

Anúncios

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s