Universidade de Stanford, visita obrigatória para quem vem ao Vale do Silício

Stanford é muito mais que uma das universidades mais consagradas do mundo, Stanford é uma obra de arte a céu aberto! A visita é dos passeios imperdíveis para quem vem ao Vale do Silício.

A instituição é localizada em Palo Alto e foi inaugurada em 1891 por Leland Stanford em homenagem ao seu filho Leland Stanford Jr. que morreu com 15 anos. Os filhos da Califórnia serão nossos filhos, disse o Sr. Stanford e assim dedicaram toda sua fortuna para um memorial em seu nome abrindo a Universidade de Stanford em 1891.

O que visitar em Stanford?

Se você tem o interesse em fazer uma visita, mas o tempo é curto, veja quais os principais lugares para visitar em Stanford:

The Oval – A entrada principal da Universidade de Stanford

Inicie seu passeio pelo The Oval, onde tem aquele jardim lindo com flores formando um S, de Stanford e um gramado enorme utilizado pelos alunos para fazer picnics, jogar vôlei, soltar pipa ou simplemente para relaxar. Para chegar ali, você passará pela Palm Drive, a avenida que liga a universidade com o centro de Palo Alto,  composta por 150 palmeiras das Ilhas Canárias fazendo o lugar parecer um pedacinho do paraíso.

IMG_0892

The Oval – Entrada principal da Universidade de Stanford

IMG_0893

The Oval com Palm Drive ao fundo

The Burghers of Calais

Logo no início, você vai se deparar com as obras de Rodin conhecidas como Burghers of Calais – ou  Burgueses de Calais.  Muita gente tira foto imitando os caras mas não faz ideia de quem é Rodin ou o que a obra significa.  Long story short como dizem por aqui, resumindo de forma rápida uma longa história, François Auguste René Rodin possuia uma capacidade única de modelar em argila, fazendo esculturas do corpo humano com realismo, destacando o caráter individual e físico em suas obras que foram super criticadas pois confrontavam a tradição da escultura da época. Mas sua reputação cresceu de tal forma que se tornou um escultor de renome mundial.

IMG_0903

The Burghers of Calais

Os Burgueses de Calais é uma das mais famosas esculturas de Auguste Rodin, concluída em 1889. Ela serve como um monumento a uma ocorrência em 1347 durante a Guerra dos Cem Anos, quando Calais, um importante porto francês no Canal da Mancha, ficou sob autoridade dos ingleses por mais de um ano.

Durante a Guerra dos Cem Anos, o rei da Inglaterra, cercou Calais e rei francês não conseguiu libertar a cidade, seus habitantes começaram a passar fome, então o rei inglês, propôs que seis dos homens mais importantes da cidade se entregassem á execução, esta era a condição para libertar o restante do povo. Para isso, esses homens deveriam sair do castelo vestindo o mínimo de roupas, cordas no pescoço, mãos atadas e as chaves de Calais. Rodin foi contratado para criar um memorial para aqueles homens da cidade. A escultura demorou 4 anos para ser construída, sendo inaugurada em 1895.

O desejo de Rodin era aproximar a obra de quem a vê, por isto os burgueses foram criados em tamanho real, vestidos em trapos e expressando tristeza. Existem vários exemplares desta famosa escultura no mundo.

Main Quad – A quadra principal

A quadra principal conta com 12 salas de aula originais presentes desde o início da Universidade.  A arquitetura é de deixar qualquer um de boca aberta.

IMG_0901

Main Quad

Memorial Church

Jane Stanford construiu a igreja no coração da universidade como um memorial para seu marido Leland Stanford.  Extremamente rica em detalhes, você pode fazer um tour por conta própria seguindo a brochura oferecida no visitor center ou fazendo o download na internet. Quer ver como é? Confira esta vista de 360°.  A igreja fica aberta de segunda á sexta-feira das 8 ás 5, e nos domingos das 11:30 ás 3:30.

IMG_2667

Interior da Memorial Church

Hoover Tower

A torre foi construída para comemorar o 50º aniversário da Universidade, é um marco para alunos, ex-alunos e para a comunidade local. É possível subir no 14º andar da Torre onde se têm uma vista panorâmica da cidade e da Bay Area. No topo os visitantes podem ver um carrilhão de 48 sinos de bronze de Tournai, da Bélgica que foi um presente oferecido para a universidade. A visita custa $3 por pessoa e funciona das 10:00 ás 4:00 diariamente.

IMG_0919

Hoover Tower

IMG_2691

Sinos na Hoover Tower

IMG_2683

Vista da Hoover Tower

IMG_2692

Vista da Universidade e da cidade no alto da Hoover Tower

Memorial Hall

Próximo a torre, tem o memorial dedicado em 1937 a todos os estudantes e colaboradores da universidade que faleceram na primeira guerra mundial e posteriormente na segunda guerra mundial, na guerra da Korea, Vietnã, Iraque e Afeganistão.

IMG_0917

Memorial Hall

The d.School

A escola de Design Thinking de Stanford. Já temos um artigo com muitos detalhes para você explorar a d.School.

A loja de Stanford

Nada como levar uma boa recordação para casa não é mesmo? Stanford conta com uma super loja, onde você vai encontrar desde roupas, lembrancinhas, livros, até coisas para sua cozinha e jardim.  É a segunda maior loja dentro de uma universidade dos Estados Unidos.

Packard Eletrical Engineering Building

Como um líder internacional em inovação e tecnologia, o Vale do Silício tornou-se um símbolo de vitalidade, empreendedorismo e crescimento econômico. A contribuição da Universidade de Stanford foi fundamental para esta história de sucesso.  Neste prédio se reúnem líderes acadêmicos e industriais nas áreas de ciência da computação e engenharia elétrica.  Vale dar uma passadinha e fazer um lanche no Bytes Café, onde se encontram os estudantes e profissionais desta área.

Os amantes da arte e história ainda precisam conhecer:

Rodin Sculpture Garden

O jardim com as esculturas de Rodin que foi dedicado ao Gerald Cantor, o principal doador da coleção Rodin para a universidade. O jardim foi desenhado por Robert Mittelstadt baseado nos jardins parisienses onde Rodin exibiu sua arte durante toda sua vida.

IMG_6799

Jardim com as esculturas de Rodin

Cantor Arts Center

O museu conta a principal obra de Rodin, o pensador, obras relacionadas a família Stanford, além de diferentes exposições de profissionais prestigiados. O museu é gratuito e aberto para visitação das 11 ás 5. Ali você encontra o Cool Café com uma super vista pro jardim.

IMG_6798-1

O pensador, a família Stanford, The Kiss e demais obras no Cantor Arts Museum

Fazer o tour em Stanford é inspirador.

IMG_0898

Passeando em Stanford

Aqui vai um mapinha dos principais pontos de interesse para facilitar sua visita. A universidade também disponibiliza um guia muito bacana para quem quer fazer o tour por conta própria.

Screen Shot 2015-08-31 at 12.53.11 PM

Mapa com os principais pontos de interesse

Já visitou Stanford? Compartilhe com a gente como foi a sua experiência!

Anúncios

3 comentários sobre “Universidade de Stanford, visita obrigatória para quem vem ao Vale do Silício

  1. Pingback: 7 razões fundamentais para a existência do Vale do Silício | Acontece no Vale

  2. Pingback: Missão no Vale do Silício | Acontece no Vale

  3. Pingback: Missão no Vale do Silício – Dia 1 | Acontece no Vale

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s