Visita da presidenta Dilma na Califórnia foi um fiasco

Todo mundo ficou sabendo que a presidentA do Brasil, esteve na Bay Area na última semana do mês junho. O intuito da viagem era estreitar relações com os grandes centros de tecnologia e inovação americanos. Mas a visita foi muito além de uma maratona de reuniões com empresários, investidores e pesquisadores dos ramos de inovação e tecnologia, pois alguns brasileiros resolveram colocar toda sua raiva a tona e fizeram protestos vergonhosos.

Veja o vídeo para entender:

O vídeo é do brasileiro Igor Gilly que se infiltrou na comitiva da presidente Dilma Rousseff, nos corredores da Universidade de Stanford. O rapaz não fez um protesto qualquer, ele ofendeu a petista com gritos de “assassina”, “ladra” e “terrorista”, inclusive chegou ao extremo de dizer que a presidente merecia morrer.

Outra brasileira também publicou um vídeo no qual bate panela contra Dilma na porta do Hotel Fairmont, em São Francisco.

E claro, não preciso nem dizer que este assunto deu o que falar. Foram publicadas diversas matérias a respeito, em uma das reportagens Brasileiro se infiltra na comitiva e hostiliza a presidente Dilma na Califórnia, você pode verificar um super bate-boca nos comentários, com muita gente defendendo e criticando tais atitudes, a Dilma, o PT e assim por diante.

Um dos professores brasileiros que leciona na universidade Stanford – Paulo Blikstein, publicou uma nota em seu Facebook indignado com a situação:

Mensagem publicada no Facebook de Paulo Blikstein.

Mensagem publicada no Facebook de Paulo Blikstein.

Carta enviada ao Painel do Leitor da Folha, sobre um “protesto” durante a visita de Dilma à Stanford. Durante a visita de Dilma aos EUA, professores e alunos do Lemann Center, um centro que estuda educação brasileira na Universidade de Stanford, se organizaram para falar com a presidenta. Nossa reunião foi frustrada porque dois jovens brasileiros furaram a segurança de Stanford, entraram no prédio, e dirigiram ofensas lamentáveis à presidenta, no mesmo recinto onde estavam convidados como Mark Zuckerberg e o chairman do Google, Eric Schmidt. O direito de protestar é um pilar da democracia. Mesmo entre os alunos brasileiros de Stanford, há aqueles que são partidários do governo e os que estão na oposição. Mas o tipo de ataque desses dois jovens (que têm fotos com Jair Bolsonaro no Facebook), lembra a virulência de grupos políticos fascistas que infelizmente proliferam pelo mundo. Entre erros e acertos do governo e da oposição, há um erro que ambos devem evitar a todo custo: ignorar o perigo do crescimento desse tipo de ideologia violenta e fascista, normalmente acompanhada de homofobia e racismo. Há oposição construtiva e inteligente no país, e ela não deve jamais se deixar confundir ou se aliar a esses grupos. O governo, por sua vez, não deve também confundir a oposição responsável com esses grupos que sempre acabam do lado errado da história. Os recentes acontecimentos em Charleston, nos EUA, mostram o trágico resultado de dar energia e exposição para esse tipo de imbecil. Paulo Blikstein.

É certo que protestos com palavrões e insultos não resolvem absolutamente nada. Sinto uma vergonha alheia de ver este tipo de situação. No entanto, enquanto todo mundo está de cabelo em pé com alta do dólar e o preço absurdo da diária em de um hotel em San Francisco, que é de $400, vamos combinar que a senhora presidenta don’t give a shit – tá pouco se lixando mesmo!

Para quem não sabe, ela não viajou sozinha ou acompanhada de 3 pessoas que poderiam ser de extrema importância para discutir melhorias para o país conhecendo as empresas ou realizando acordos por aqui. Ela trouxe também 25 pessoas com ela, precisou de um caminhão para levar todas as bagagens até o hotel, utilizando 3 aeronaves da Força Aérea Brasileira. conforme você pode verificar na reportagem de uma pessoa indignada no post: A Agenda secreta de Dilma na Califórnia. Você achou o que? Que eles viriam com a American Airlines na classe economica?

Ela também não ficou no Hyatt que possui excelentes hotéis espalhados pelo país, ela e a tropa ficaram hospedados no Fairmont Hotel, em São Francisco, um dos mais caros e luxuosos da Califórnia, e quando digo caro, não me refiro a 2 mil dólares a diária, uma noite neste hotel chega a custar 11 mil dólares! Multiplicados por 25, faz a conta!

Fairmont Hotel - San Francisco.

Fairmont Hotel – San Francisco.

A visita ao Vale, conhecer projetos e busca por investimentos é uma iniciativa super interessante, mas precisava de toda esta galera e esta regalia toda senhora presidenta? PQP!

Visita da presidenta ao Vale.  Foto: Roberto Stuckert Filho

Visita da presidenta ao Vale.
Foto: Roberto Stuckert Filho

Mas, falando da parte positiva da visita, Dilma fez visitas em importantes empresas do Vale, como o Google por exemplo, que apresentou um sistema capaz de levar sinal de internet rápida a áreas remotas como a Amazônia, ela inclusive deu uma voltinha no carro sem motorista.

Janet Napolitano, atual presidente da Universidade da Califórnia, discutiu sobre a ampliação de programas educacionais entre os dois países e uma maior presença de pesquisadores americanos no Brasil.

Ela almoçou com executivos do Facebook, Airbnb e Uber e o último compromisso foi no centro de pesquisas da Nasa, onde ela participou de um encontro organizado pela Boeing. A fabricante americana de aviões anunciou uma parceria com a brasileira Embraer para reduzir o consumo de combustível, a emissão de gases poluentes e o ruído dos aviões. .

Veja a reportagem Dilma Rousseff visita centros de inovação na Califórnia, do G1 para saber mais detalhes.

Anúncios

2 comentários sobre “Visita da presidenta Dilma na Califórnia foi um fiasco

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s