Tudo o que você precisa saber para trabalhar nos Estados Unidos

O questionamento mais comuns de diversas pessoas que vem passar uma temporada na Bay Area, é sobre as oportunidades de trabalho na região.

O que muitos não sabem é que conseguir um trabalho por aqui não é uma tarefa tão simples assim, e independente do tipo de trabalho, seja apenas um bico em um restaurante ou um emprego formal em uma grande empresa é necessário obter uma autorização para trabalhar nos Estados Unidos.

O comentário mais popular é: estou indo com o meu visto de turista e quero ficar uns 3 meses estudando e trabalhando, como posso arrumar um emprego por aí? Posso trabalhar com o visto de turista? A resposta é NÃO! Mesmo simples trabalhos informais como ser babá ou entregador de pizza exigem que a pessoa tenha o social security (que é um espécie de CPF Americano) e a autorização de trabalho vinculada ao visto para que possa receber o salário legalmente nos Estados Unidos. Ah, mas seu amigo tem um trabalho nestas condições? Saiba que ele (a) está ilegal se estiver trabalhando nestas condições.

01-visto_icon

Para aqueles que gostariam de trabalhar, existem dois programas vinculados com o visto J1, que são excelentes oportunidades para quem quer ter uma experiência internacional de trabalho remunerada gastando pouco.

O primeiro deles é o AU PAIR, neste programa a pessoa vem trabalhar de babá para uma família nos Estados Unidos. A família é responsável por pagar a passagem de ida e volta, oferecer moradia, alimentação, ajuda com os custos para estudos, férias remuneradas, além de um salário que é pago a cada 15 dias. O remuneração é baixa, e não dá para fazer grandes economias. No entanto, permanecer durante tempo integral com uma família americana é uma oportunidade única de vivenciar a cultura e aprender o idioma. Este programa geralmente dura 1 ano e pode ser prorrogado, é oferecido por diversas agências e mais popular é a Cultural Care. Verifique todos os requisitos e benefícios aqui.

Outro programa bem popular é para que universitários possam ter uma experiência internacional de trabalho. O programa é oferecido por diversas agências no Brasil com diferentes nomes como: Work Experience, Work and Travel e assim por diante (cada agência oferece o programa com um nome diferente). Ele permite que a pessoa trabalhe durante as ferias da universidade em uma instituição americana e receba por isso. A duração é de aproximadamente 4 meses de trabalho , mais o grace period, que é um mês após o término do programa para passear e conhecer os Estados Unidos. Existem 3 modalidades deste programa: 1. A pessoa que aplica é a responsável por conseguir sua própria oportunidade de trabalho e moradia (ideal para quem tem um excelente conhecimento do idioma e consegue aplicar e se comunicar sozinho com as empresas americanas), 2. Job fairs, nesta modalidade, o aplicante vai a uma feira de emprego que é realizada em cidades específicas no Brasil, e durante esta feira, contata os empregadores e recebe uma proposta de emprego, sendo que muitos também oferecem moradia. 3. A outra opção é que a própria agência é a responsável por arrumar emprego e moradia para o aplicante (a maior parte destes empregos são em estações de sky e resorts).

Muitas agências no Brasil vendem os dois programas acima e em San Francisco, a Intrax  oferece ambos os programas.

Estudantes com o visto F1 podem trabalhar por até 20 horas semanais na instutuição que que concedeu o visto – tanto universidade, quanto escola de idiomas, mas este trabalho não é garantido, vai depender das oportunidades disponíveis naquele momento e do nível de conhecimento do idioma pelo candidato. Além disso, o salário é apenas uma ajuda de custo. Estudantes também podem optar pelo CPT ou OPT , neste caso ao fazer um curso de MBA ou especialização o estudante recebe permissão de trabalho ou estágio nas ferias de verão por exemplo (CPT) ou após o término do curso (OPT), que pode ser remunerado ou não. As escolas geralmente ajudam com a preparação do currículo e na divulgação das oportunidades, mas cabe ao estudante obter a vaga.

Se seu interesse é obter um emprego mais formal tanto em uma startup como em uma outra empresa na Bay Area, existem dois vistos específicos neste caso: um deles é o L1 , que é o visto de transferência, neste caso é preciso que a mesma empresa tenha escritório no Brasil e nos Estados Unidos e o empregador seja transferido para trabalhar no exterior. Este visto é concedido por um período de 5 a 7 anos e o processo para obtenção do visto é de 2 a 3 meses. Geralmente o visto é destinado para cargos de gerência ou para funcionários com um conhecimento técnico específico que não são encontrados no mercado local. O funcionário fica totalmente vinculado a esta empresa, e precisa retornar ao país de origem caso o contrato seja rompido. O acompanhante do L1 recebe o visto L4, que lhe dá o direito de morar e trabalhar legalmente nos EUA.

O outro visto de trabalho, e provavelmente o mais desejado pelos brasileiros é o visto H-1B ,em que uma empresa Americana contrata um estrangeiro temporariamente, é o visto mais comum para profissionais na área de tecnologia da informação. Nesta modalidade de visto, após a empresa divulgar uma vaga e não conseguir contratar uma pessoa qualificada para determinada posição, ela pede autorização para contratar um estrangeiro com aquele perfil. As vagas exigem que o candidato tenha nível superior ou diversos anos de experiência para ocupar o cargo. Como a empresa é a responsável pelo candidato, é bem difícil do visto ser negado. Para obter o visto H1B, a empresa precisa realizar a aplicação até abril, e se aprovado o colaborador poderá iniciar suas atividades em outubro daquele ano. O acompanhante do do H1B recebe o visto H4, que dá direito de morar, estudar, mas não permite trabalhar nos EUA. Só poderá trabalhar após a aprovação do green card que é um processo mas complexo que será abordado em outra oportunidade.

Anúncios

3 comentários sobre “Tudo o que você precisa saber para trabalhar nos Estados Unidos

  1. Pingback: Porque é tão difícil conseguir um emprego no Vale? |

  2. Pingback: 7 dicas valiosas para quem quer vivenciar o ambiente de startups no Vale |

  3. Pingback: Dúvidas frequentes sobre vistos | Acontece no Vale

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s