Dicas para fazer sua tão sonhada viagem pela Califa.

18 set

Quer fazer sua tão sonhada viagem pela Califórnia e não sabe por onde começar?

Existe um site excelente que fornece informações e dicas detalhadas sobre todas as regiões do estado. Abrangendo Arte e Cultura, Recreação ao ar livre, Recreação de inverno, Compras, Diversão para a família, Golfe, Praias, Spa, Vida noturna e restaurantes.

Confira as diversas dicas de viagem, mapas, notícias e locais para visitar para  que você possa aproveitar ao máximo sua viagem pela Califa.

 

califa

 

Metrô em San Francisco – Diferença entre MUNI e BART

16 set

O BART - Bay Area Rapid Transit, abrange tanto as áreas de San Francisco, quanto as cidades ao redor. Se você precisar sair do aeroporto por exemplo, para chegar ao centro da cidade, terá que utilizar o serviço do BART. Para saber o valor da tarifa, basta colocar a estação de origem/destino no site: http://www.bart.gov/tickets/calculator/index.aspx, abaixo segue o mapa do BART.

Imagem

Já O MUNI abrange somente a cidade de San Francisco, incluindo o sistema de metrô, ônibus e os cable cars. É possível comprar o passe unitário ou mensal.

Imagem Imagem

As imagens acima são do passe unitário, este passe dura uma hora e meia, portanto se for necessário pegar um metrô e depois um ônbus, por exemplo, pode-se usar o mesmo bilhete. (os cable cars dos lugares turísticos, tem uma tarifa diferenciadas e devem ser comprados separadamente). O ticket individual custa USD 2,00. Segue abaixo o mapa do Muni.

Imagem

Uma dica super válida para quem permanecer um período maior na cidade é o Clipper Card. Este cartão integra todo o sitema de transporte do Vale do Silício, incluindo o Muni, BART, AC Transit, VTA, SamTrans, Caltrain and Golden Gate Transit e o Ferry. O cartão custa USD 3,00. O valor mensal do Clipper Card para o Muni é USD 66,00 (válido para idas e vindas ilimitadas no MUNI) e para o BART USD 76,00 (válido para idas e vindas ilimitadas no MUNI e nas estações do BART dentro de San Francisco somente). O cartão pode ser recarregado em máquinas no próprio metrô, no site do Clipper Card, ou pelo telefone.

Imagem

Maiores detalhes sobre o funcionamento do Clipper Card, são melhor explicados neste vídeo.

Imagem

Quando você tiver o cartão, para pagar a tarifa, basta deixar o cartão por 3 segundos em frente a máquina da foto acima. Caso não tenha, peça ao motorista o ticket como prova do pagamento. O não pagamento da tarifa, acarreta em multa de aproximadamente USD 110,00, e quando você menos esperar um fiscal poderá lhe parar em qualquer um dos meios de transportes públicos e lhe pedir o ticket ou o cartão para comprar que sua passagem foi devidamente paga.

Fontes:

https://www.clippercard.com/ClipperWeb/index.do;jsessionid=B7hc5cVq2cCSFQGFThJCqg__

http://www.bart.gov/tickets/calculator/index.aspx

https://www.sfmta.com/getting-around/transit/fares-passes/monthly-passes

Uma perspectiva de San Francisco em 2020

16 set

A agência criativa Steelblue criou um vídeo futurista mostrando  cerca de 25 projetos que em breve mudarão o estilo de parte da cidade , mais precisamente o leste  de SoMa ao longo dos próximos cinco anos.

A Torre Transbay, a principal do projeto não será concluída até 2017, o vídeo é uma excelente perspectiva do que  San Francisco pode se tornar em 2020.

Fonte: http://sfist.com/2013/09/13/video_fly_over_not-so-distant_futur.php

Como solicitar o VISTO.

12 set

Todas as etapas para solicitação do visto, estão disponíveis no site da embaixada  americana. Segue abaixo, um passo-a-passo para  a solicitação do visto de B1/B2 (turismo ou negócios)  com maiores esclarecimentos:

Para fazer o visto serão necessários 2 dias - O primeiro dia será no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV), onde é tirada uma foto do solicitante e recolhida as digitais, o processo é bem simples e dura menos de uma hora. No segundo dia, é realizada a entrevista no Consulado/Embaixada.

Para agendar seu visto é necessário entrar na página de solicitação da embaixada americana e proceder conforme segue:

  • Passo 1: Preencha o formulário online DS-160 (este formulário é em inglês e é bem extenso, no entanto, não é complicado, se você entender um pouco do idioma, conseguirá se virar sozinho). Anote o número do protocolo, pois o sistema tem um tempo limite, e se ultrapassar este tempo, você poderá retornar em outro momento para continuar a preencher todos os dados solicitados. Você vai precisar de uma foto 5×5 para anexar nesta etapa. Depois de pronto, confira todos os dados e imprima a confirmação.
  • Passo 2: Efetue o pagamento da taxa de solicitação de visto (MRV) que poderá ser paga com cartão de crédito pelo site de agendamento de entrevista ou por telefone. O solicitante também poderá optar por pagar por boleto bancário em qualquer banco da rede do boleto, devendo imprimir o boleto do site de atendimento. O valor da taxa é de USD 160,00 para os vistos de turismo, negócios ou estudos.
  • Passo 3: Acesse o site de agendamento: http://brazil.usvisa-info.com e agende sua entrevista. (conforme mencionado, serão necessários dois dias).
  • Passo 4: Na data agendada, compareça ao CASV onde serão colhidas as suas impressões digitais e foto. Os solicitantes deverão apresentar, seu passporte válido, seus passaportes anteriores com os vistos antigos e a página de confirmação do formulário DS-160. Os solicitantes com 66 anos ou mais, e os solicitantes com 15 anos ou menos,  não precisam ir ao CASV para tirar suas impressões digitais. Estes, devem realizar um agendamento no CASV somente para a entrega da documentação, juntamente com uma foto 5×7 (fundo branco), tirada nos últimos seis meses.
  • Passo 5: Na data agendada, compareça ao Consulado/Embaixada. Os solicitantes deverão apresentar:
    • Seu passaporte válido;
    • Seus passaportes anteriores com os vistos válidos ou vencidos
    • A página de confirmação do formulário DS-160
    • Documentação adicional que considere necessária para sua entrevista com o oficial consular.
    • (A documentação adicional é tudo que comprova seu vínculo com o Brasil e fundos suficientes para ir aos Estados Unidos, tais como: escrituras dos bens em seu nome (ou do responsável), carteira de trabalho, extrato bancário, entre outros.
  • Passo 6: Caso seu visto seja aprovado, estará emitido dentro de 10 dias úteis após sua entevista e enviado para o endereço solicitado.

Para o visto de estudos, será necessário o I20 que é concedido quando o aluno faz sua inscrição na escola de idiomas ou universidade no exterior, é preciso o número do I20 para agendar a entrevista e realizar o pagamento das devidas taxas. No caso de do visto J1 (trabalho temporário), o documento necessário é o DS2019, concedido pelo empregador.Para o H1B é necessário a petição.

Atenção: Visto de estudante ou trabalho precisam pagar mais uma taxa após a aprovação do visto, é a taxa Sevis ou taxa de reciprocidade, verifique os valores antes da entrevista pois eles variam conforme o visto, o pagamento é realizado dentro de um caixa no próprio consulado.

Fonte: http://portuguese.brazil.usembassy.gov/pt/solicitar.html.

Imagem

Visto: B1/B2/F1/J1/H1B – Qual visto eu preciso?

12 set

Visto: B1/B2/F1/J1/H1B - Qual visto eu preciso?

Todo cidadão brasileiro que deseja visitar os Estados Unidos irá precisar de um visto de não imigrante para uma estada temporária no país.

Os vistos mais comuns são:

* B-1 Negócios: proposta da viagem: palestras, eventos, reuniões;
* B-2 Turismo: proposta da viagem: passear nos EUA, ou seja, fazer turismo;
O visto de Negócios e Turismo quando concedido tem validade de 10 anos, e a pessoa tem permissão para ficar até 6 meses nos Estados Unidos em cada visita ao país.
* J-1 Programa de intercâmbio/ trabalho temporário; é o visto concedido para os programas work experience, au pair.
* H1B é requerido por funcionários que pretendem viajar aos Estados Unidos numa função profissional pré-contratada ou seja, precisam ter uma oferta de trabalho de uma empresa americana;
* C-1 Trânsito: se o passageiro for ao Canadá por exemplo, com uma cya aérea americana, precisará do visto de trânsito para parada no aeroporto americano;
* F-1 Estudante; visto ideal para estudantes que pretendam frequentar uma universidade, escolas de idiomas ou outra instituição acadêmica nos Estados Unidos. Este visto, permite ao estudante entrar nos Estados Unidos até 30 dias antes da data de registro designada nos certificados I-20, podendo permanecer nos Estados Unidos por até 60 dias após a conclusão do curso. Se desejar retornar ao Brasil, durante o período do curso, é possível desde que o I20 esteja válido, e a escola autorize. Da mesma forma, se o aluno quiser permanecer nos Estados Unidos, mas seu I20 já tiver vencido, não é preciso retornar ao Brasil para refazer o visto, basta pedir a extensão do curso que estará legalmente no país, desde que seu I20 esteja com as datas de acordo.

O visto de estudante tem validade de acordo com o I20, ou seja, se comprar um curso de 10 meses, a escola irá fornecer um I20 com o prazo de 10 meses e seu o visto terá este prazo de validade.
Se a atividade principal for turismo, mas a pessoa desejar fazer um curso de inglês nos Estados Unidos, não é necessário tirar o visto de estudante. O visto de turismo é suficiente desde que a carga horária do curso seja menor que 18 horas semanais. Sendo assim, se você for de férias aos Estados Unidos por até 6 meses e quiser fazer umas aulas de inglês, o visto de turista é o mais adequado, pois a validade é muito maior e ele é bem menos burocrático.

Ps. As informações acima foram elaboradas de acordo com o site da embaixada americana:

http://portuguese.brazil.usembassy.gov

Imagem

Como tirar seu passaporte – Passo-a-passo.

12 set

Como tirar seu passaporte - Passo-a-passo.

O primeiro passo para uma viagem ao exterior é a emissão do passaporte. Este é o principal documento pois identifica o cidadão brasileiro, permitindo a entrada e saída do país. O passaporte é emitido pela Polícia Federal. Alguns despachantes ou agências fazem o agendamento mediante um custo, mas acredite é muito simples providenciá-lo sozinho. O prazo para conseguir um agendamento na Polícia Federal nas principais cidades é entre 30 e 60 dias, portanto faça com antecedência para evitar qualquer imprevisto.

Para fazer seu passaporte serão necessários os documentos listados abaixo: (estes documentos serão necessários tanto para realizar o agendamento no site quanto para a verificação dos mesmos no departamento da Polícia Federal).

Os documentos necessários são:
* Identidade (pode-se usar a identidade/ carteira de habilitação/ carteira de trabalho), caso o nome da pessoa tenha sido alterado, a certidão de casamento ou nascimento atualizada com as devidas averbações deverão ser apresentadas;
* Título de eleitor e comprovantes de votação da última eleição. (a certidão negativa que o cidadão está em dia com suas obrigações eleitorais, pode ser adquirida por meio do site: http://www.tre-sc.jus.br/site/eleitores/certidao-de-quitacao-eleitoral/, basta preencher os dados e emitir a certidão de quitação eleitoral);
* Comprovante bancário de pagamento da Guia de Recolhimento da União – GRU (O boleto de GRU será gerado automaticamente após o preenchimento do formulário de solicitação de passaporte pela internet no sistema da Polícia Federal, esta taxa é obrigatória e custa R$ 156,07) é necessário levar o boleto pago no dia do agendamento;
* CPF (se o número do CPF constar na identidade, não é necessário apresentar o CPF); se o requerente for menor de 18 o responsável deverá apresentar este documento;
* Para homens – é necessário o Certificado de Reservista para comprovar quitação com o serviço militar;

Passo-a-passo para agendamento do passaporte:

1. Entre no site:

http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/requerer-passaporte/requerer-passaporte

2. Clique no item 2, onde diz: Emissão do Passaporte;

3. Preencha os dados solicitados e emita sua GRU; (IMPRIMA o protocolo e a GRU);

4. Com o número do protocolo, o agendamento pode ser realizado; (o endereço para o agendamento é:

https://www7.dpf.gov.br/sinpa/realizarAgendamento.do;jsessionid=4CED2208F1715B022E61FB8297107A46.sdf0021sinpa1)

5. Pague a GRU antes do dia agendado e leve com os demais documentos na data programada no departamento da Polícia Federal mais conveniente.
Neste dia serão tiradas as digitais, uma foto (portanto, vá arrumado!) e será realizada a conferência dos documentos. O procedimento costuma ser rápido.

6. O passaporte deverá ser retirado pelo titular, mediante apresentação da identidade e assinatura do recibo, no horário e local indicados. O prazo de entrega é de aproximadamente 6 dias úteis.

Caso tenha algum imprevisto, com o número do protocolo é possível remarcar o dia para ir a Polícia Federal. Em caso de urgência, deverá agendar o passaporte em caráter de urgência. Maiores detalhes sobre esta modalidade, bem como: roubo, extravio ou renovação, estão detalhadas no próprio site: http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/requerer-passaporte/requerer-passaporte

Curiosidade:

Os novos passaportes que estão sendo emitidos, são conhecidos também como E-Passaporte e contam com diversos dispositivos de segurança, tais como: a marca d’água, fundo invisível, fio de segurança, fio de costura composta por três fios de alta qualidade e tinta opticamente variável e o mais importante – um chip, esta tecnologia empregada permitirá a sua utilização, no futuro, em portais automatizados de controle migratório.

A emissão do novo modelo não invalida os anteriores ainda vigentes. A substituição acontecerá na medida em que os passaportes expirarem seu prazo de validade.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.